Ponto g masculino

 

Ponto g masculino na seção Sexologia. Prepare-se para o melhor orgasmo da sua vida!

Que sexo é bom, todo mundo sabe, mas dizem por aí que pode ficar melhor. Não acredita?

Então a gente te fala o que fazer, você faz o teste e conta se era tudo verdade, pode ser?

Segundo alguns sexólogos, o ponto G dos machos é a próstata, mais especificamente a área do períneo. Agora você perguntou: “pe o que?”, não foi? Períneo é um lugar do seu corpo, sabia?

É… ele fica entre o ânus e os testículos e é um pequeno ponto macio naquela área sem pêlos. Lembrou dele?

Os nervos que controlam as reações sexuais, como a ereção, o orgasmo e ejaculação, vão todos no sentido da próstata e do períneo. Isso quer dizer que a área é o “centro de comando” para o seu prazer sexual, rapaz!

Dizem os historiadores que, desde sempre, massagear a próstata é uma maneira usada para manter e aumentar a saúde sexual dos homens.

E diz o pessoal de sex shop que essa massagem mágica pode causar o orgasmo mais incrível da sua vida, conhecido como “orgasmo dos sonhos” ou “super O”, também chamado de ereção 3x. Como fazer?

Você tem duas opções: pedir para sua namorada, amiga com vantagens ou seja lá quem faz sexo com você, para massagear a área com os nós dos dedos. Não precisa ter medo, ela não tem que colocar nada dentro de lugar nenhum. Na-da, entendido?

Basta massagear a área certa com movimentos circulares e mudando a pressão exercida.

Se isso for feito na hora exata do orgasmo, ele deve se estender por algum tempo a mais do que você está acostumado.

Outra opção é brincar sozinho e pra isso você pode usar um pequeno aparelho denominado “G-Men”.

Esse grande amigo dos homens foi projetado originalmente para massagear a próstata, aliviar a congestão do fluido e promover a saúde geral do órgão.

Mas como tudo pode ter outra utilidade…

o aparelho tem sido descrito pelos usuários como responsável por proporcionar orgasmos inacreditáveis.

A melhor parte é que não existe risco de o brinquedo escorregar para onde você não quer.

Leia também: