Reforme seu lar sem ter dores de cabeça

O seu décimo terceiro entrou na sua conta e você quer usá-lo para reformar a sua casa que precisa de uma manutenção há um bom tempo? Muitas coisas precisam ser feitas, mas você não tem ideia por onde iniciar o processo? Calma, hoje vamos lhe mostrar a luz e você vai saber informações que te ajudarão bastante para que tudo ocorra bem.

Primeiro de tudo: planejamento. Na verdade, planejamento é essencial para qualquer coisa que você queira realizar na vida, seja no trabalho ou vida pessoal. Se você adquirir um serviço de um profissional que execute o seu projeto, poderá gerar uma grande economia e ainda realizar os planos do jeito que você espera. Lembre-se de sempre cobrar o detalhamento de tudo, desde a marca de tinta para pintar as paredes até o número de sacos de cimento, por exemplo. Dessa forma você vai comprar exatamente a quantidade que você precisa, sem gastar mais com imprevistos. Segundo matéria no site da Uol, este é um investimento que vale a pena e não é adequado dispensá-lo e tentar fazer tudo por conta.

Ainda falando sobre a contratação de um profissional, você precisará fazer isso previamente. Ou seja, tenha paciência na execução da reforma. Não, você não conseguirá reformar a sua churrasqueira para poder fazer um churrasquinho na frente da piscina em pleno verão. Você terá que fazer o cronograma para isso meses antes se for o caso, mais ou menos na época de inverno para que ele fique pronto a tempo para o uso. Outra coisa que você deve levar em conta é a pesquisa de preço para os materiais que serão necessários. Fique atento às promoções que muitas lojas de materiais de construção costumam fazer ao longo do ano.

Como aconselha a publicação presente no Terra, você deverá estar ciente que imprevistos podem surgir a qualquer momento mesmo que tudo tenha sido feito com um ótimo planejamento. Esteja preparado para isso. Tenha uma reserva de dinheiro caso precise comprar por exemplo algum material que quebrou ou alguma coisa que foi sem querer manchada por tinta durante as pinturas.

Indica-se que você não contrate vários tipos de prestadores de serviço ao mesmo tempo. Você não conseguirá dar a atenção necessário para cada serviço, e isso vai prejudicar o seu acompanhamento e controle. Se possível, tente contratar uma empresa que faz (quase) tudo. Ou pelo menos enxugue o número de empresas o máximo que puder.

Tenha uma atenção especial ao cronograma e cobre dos profissionais a sua execução correta e pontual por contrato. Se algo der errado, você poderá receber uma indenização do responsável. A dica é sempre começar com a demolição necessária em ambientes. Posteriormente, você pode iniciar o trabalho de modificação na fiação elétrica ou sistema hidráulico, troca de piso, instalação de imóveis, manutenção de ar condicionado, término de acabamentos e, por fim, a pintura.

Lembre-se sempre de solicitar aos profissionais que retirem todo o lixo acumulado ao longo do dia no trabalho, pois senão a sua casa vai virar uma bagunça e por toda a parte estarão visíveis os indícios de reforma.

Se a sua casa é antiga, provavelmente a estratégia para dar uma atualizada nela precisará ser bem delicada para que não haja problemas. Alguns pontos que você deve considerar: